PT admite culpa de Dilma na derrota do impeachment

Seg, 18 de abril de 2016 • 16:03 • Política

por Gerson Camarotti
 
De forma reservada, o grupo mais próximo da presidente Dilma Rousseff já admite que ela foi a principal culpada pela expressiva derrota na noite deste domingo na abertura do processo de impeachment.
 
Esse sentimento também é compartilhado pelo grupo mais próximo do ex-presidente Lula. Há o reconhecimento de que o descaso com a articulação política por parte da própria Dilma nos últimos cinco anos teria sido a causa de muitos votos favoráveis ao impedimento da presidente. 
 
"Foi um erro ter deixado a política em segundo plano durante tanto tempo", disse um auxiliar próximo de Dilma. "Quando a gente acordou para resolver a falta de interlocução com a política, já era tarde demais", concluiu.
 
A crítica é ainda mais dura por parte dos lulistas, que atribuem a Dilma boa parte da erosão da herança política deixada pelo ex-presidente.
 
A avaliação é que muitos aliados deram o troco pelo tratamento recebido do Palácio do Planalto até recentemente. 
 
Internamente, o governo já admitia que o cenário já estava tão deteriorado do ponto de vista político que não havia mais governabilidade junto ao Congresso Nacional, tamanha a fragilidade política de Dilma.
 
Fonte: Portal GLOBO.com

Fotos