Festa para Nossa Senhora Aparecida terá dez dias de programação

Seg, 03 de outubro de 2016 • 17:53 • Turismo

A festa católica em homenagem a Nossa Senhora da Conceição Aparecida com início na segunda-feira (3), na cidade de Aparecida, São Paulo. O evento para a Padroeira do Brasil é um dos mais importantes do turismo religioso do País, com dez dias de programação.
 
A expectativa dos organizadores é de que, apenas no feriado do dia 12, mais de 160 mil turistas passem pelo Santuário de Aparecida. Para o fim de semana que antecede a festa da Padroeira (8 e 9), o santuário espera acolher mais de 235 mil devotos.
 
“Todos os anos, o turismo religioso movimenta milhões de viajantes no Brasil. Nosso papel é transformar este fluxo de pessoas em um produto turístico sustentável, com benefício não só para os empresários, mas também para as comunidades locais”, disse o ministro interino do Turismo, Alberto Alves.
 
Santuário
 
O Santuário de Aparecida é considerado um dos principais polos de turismo religioso do Brasil. São cerca de 12 milhões de visitantes por ano, de acordo com estimativa da administração do templo. A Basílica tem capacidade para celebrar missas para até 35 mil pessoas na área interna e para até 300 mil na área externa.
 
A programação deste ano inclui uma carreata pelas ruas da cidade, no dia 5; Procissão Memória, com destino ao Porto Itaguassú, local onde, segundo os católicos, aconteceu a pesca milagrosa da imagem da santa, no dia 11; e a Procissão Solene com a imagem da Padroeira do Brasil marcada para dia 12, às 18h, além de shows musicais com diversos artistas durante todo o período de celebração.
 
Outras celebrações
 
Além da Festa da Padroeira, o País conta com celebrações como o Círio de Nazaré em Belém (PA), uma das maiores festas religiosas do mundo, que reúne mais de dois milhões de fiéis no segundo domingo de outubro.
 
Em Juazeiro do Norte (CE), a romaria chega a receber cerca de dois milhões de devotos de Padre Cícero por ano, além da Romaria à Nova Trento (SC) onde está o Santuário da Madre Paulina, considerada a primeira santa brasileira, com cerca de 20 mil peregrinos por mês.
 
Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Turismo

Fotos